Presos na operação 'Mar de Lama' são ouvidos em Governador Valadares

Foram ouvidos na manhã desta terça-feira (12) os oito presos na Operação Mar de Lama,deflagrada pela Polícia Federal para apurar desvios em contratos de licitação do Serviço Autônomo de água e Esgoto (SAAE) e da Prefeitura de Governador Valadares. Segundo a Polícia Federal, as três pessoas presas em Belo Horizonte chegaram a Valadares na noite dessa segunda-feira (11).

Os oito presos chegaram à Justiça Federal por volta das 09h30, e permaneceram no local por cerca de três horas. Eles participaram de uma audiência de custódia, na qual foram ouvidos a respeito da conduta dos policiais que cumpriram os mandados nesta segunda-feira, para saber se não houve abuso de autoridade e nem desrespeito aos direitos humanos. Ainda nesta semana, eles serão novamente levados à Justiça Federal para serem interrogados a respeito dos fatos relativos à Operação Mar de Lama.

Após serem ouvidos, todos eles retornaram para o Presídio de Governador Valadares. O Procurador da República, Felipe Siman, afirmou que todos os oito permanecem presos temporariamente até sexta-feira (15).

“Foi pedida a revogação da prisão deles por parte dos defensores, no entanto o juiz negou. Eles permanecem presos, até segunda ordem, até sexta-feira. São cinco dias de prisão temporária. Ao fim do prazo poderá ser prorrogada a prisão, decretada a prisão preventiva ou até mesmo serem liberados”, afirmou o procurador.

Ainda de acordo com a Polícia Federal, foram apreendidas na segunda-feira R$ 117 mil em espécie, cerca de R$ 60 mil em cheque, sete carros de luxo, um jetski e computadores.

fonte g1 vales  Partilhar
© 2012 | Portal Vargem Grande todos os direitos reservados desenvolvido por: Grupo Mega Music Soluções em Informática